quarta-feira, 2 de abril de 2014

Espelho, Espelho Meu... - Casa de Euterpe



Ao longo da vida criamos expectativas em relação a diversas circunstâncias, mas especialmente em relação às pessoas. Projetamos no outro uma série de possibilidades que, na verdade, são relativas a nós próprios. Vemos, com em um espelho, ali refletidos nossos próprios pensamentos e nossas próprias emoções. Ao fazermos isso, idealizamos uma pessoa que não existe, pois almejamos que ela se comporte segundo nossos padrões, modelos e, muitas vezes, preconceitos.

É dessa atitude que nascem as frustrações, porque, invariavelmente as coisas não caminham segundo essa perspectiva. As pessoas são o que são e não aquilo que gostaríamos. Isso parece um tanto óbvio, mas na prática nos comportamos como se não soubéssemos disso.

Ajustar nossas lentes para entender a realidade do próximo despida, no máximo que nos é possível, de qualquer expectativa é um ato que nos aproximará, cada vez mais, da verdadeira convivência. Estabelecer relações télicas, livres de transferências, nos fará mais saudáveis, felizes e plenos.

Casa de Euterpe

#casadeeuterpe   #expectativas   #projeção   #transferência   #relaçãotélica