segunda-feira, 10 de março de 2014

Senhora das Borboletas - Vinícius Sales

Um dos mais lindo presentes que já recebi...



Senhora das Borboletas


Se há, aonde quer que ela vá,
Ser de rastejante natureza,
Por amor natural à beleza,
Transforma-lhe e põe a voar.



Assim, por onde passa,
Com essa mania de borboletar,
Tudo o que ela toca cria asa,
Seu dever filosófico é alar.



Quem a vê enquanto caminha,
verá nunca estar sozinha,
com o dom de deixar tudo melhor,
Sempre há borboletas ao seu redor. 



Seu espírito trincou-me a crisálida,
e num ato generoso de amor,
naquela manhã ainda cálida,
Em minhas asas recebi seu calor.



E se um dia me perguntarem,
Todo esse esforço valeu?
Sem muito pensar eu diria:
— Mais que valeu, Valéria.

Vinícius Sales

#casadeeuterpe